Sistema de gestão da manutenção

24 Março 2023

Plano de manutenção: o que é e como criar?
Já pensou por que razão é importante ter um plano de manutenção estruturado?
É do conhecimento geral que as manutenções periódicas prolongam o ciclo de vida dos equipamentos e permitem mantê-los nas melhores condições.

Por outro lado, a falta de manutenção regular acaba, muitas vezes, por gerar falhas nos equipamentos ou, no pior dos cenários, acidentes de trabalho. Isto acarreta custos dispendiosos para as empresas e aumenta o tempo de inatividade operacional. Mas afinal, como podemos evitar este problema? É exatamente aqui que o plano de manutenção se torna essencial.

2 min

Plano de manutenção: o que é e como criar?

O que é um plano de manutenção?

Trata-se de um documento técnico onde estão listados os trabalhos de manutenção previstos para cada equipamento. Este plano orienta todas as atividades de manutenção, contém a descrição de cada intervenção, a periodicidade definida para a mesma e os recursos necessários para realizá-las.

As intervenções de manutenção garantem que os equipamentos se mantêm a operar na melhor performance possível, dentro das suas capacidades, e em segurança, sem apresentar qualquer anomalia, como ruídos estranhos ou sobreaquecimento.

Nesse sentido, um plano de manutenção eficaz garante às empresas o sucesso a longo prazo, uma vez que permite melhorar a segurança, a fiabilidade e a produtividade de cada equipamento.

Cegid Valuekeep

Simplifique a manutenção dos equipamentos e ativos da sua empresa.
Agende uma demo e saiba tudo sobre a nossa solução.

Saber mais

Que informação deve estar presente num plano de manutenção?

No que diz respeito à elaboração de um plano de manutenção, para que este esteja bem estruturado e para que garanta bons resultados, devemos ter em conta um conjunto de informação imprescindível ao cumprimento do mesmo. Confira abaixo a informação que deve constar em cada plano de manutenção.

  • Descrição do trabalho: no plano deve estar claramente descrito o que é necessário fazer em cada ordem de trabalho e quais as áreas prioritárias e a sequência das atividades.
  • Instruções: os trabalhos de manutenção devem cumprir normas de qualidade específicas e, para atingir tais padrões de qualidade, é essencial que o plano contenha instruções explícitas sobre as tarefas.
  • Agendamento: o objetivo do agendamento é garantir que o trabalho é feito com a periodicidade necessária para evitar tempos de inatividade e avarias nos equipamentos.
  • Trabalhadores: o plano deve indicar o conjunto de competências técnicas necessárias para cada tarefa de manutenção, para facilitar a escolha do técnico mais indicado para realizar a intervenção.

3 passos para criar um plano de manutenção eficaz

A seguir, apresentamos-lhe 3 passos que deve seguir para criar um plano de manutenção eficaz para a sua empresa.

  • Detalhar os trabalhos de manutenção que serão necessários para cada equipamento. Descrever de forma clara para que seja facilmente compreendido pelos técnicos que levarão a cabo as operações.
  • Agendar os trabalhos no calendário.
  • Adicionar os trabalhadores ou fornecedores às intervenções e a duração prevista para cada trabalho.

Em síntese, este plano determina qual o trabalho de manutenção que deve ser feito e como deve ser realizado. Baseia-se no “porquê” das tarefas de manutenção e deve ser atualizado à medida que os dados se tornam mais completos.

Como é que a tecnologia transforma o planeamento da manutenção?

Usar uma plataforma de gestão de ativos (CMMS – Computerized Maintenance Management System) altera significativamente a forma como planeia e gere os planos de manutenção. Estes são alguns benefícios de recorrer à tecnologia para criar os planos de manutenção da sua empresa:

Seguir em tempo real a realização das tarefas

Com o software de gestão da manutenção consegue acompanhar em tempo real o estado das tarefas de manutenção programadas para cada plano, e certificar-se que foram realizadas correta e atempadamente.

Estabelecer planos de manutenção com base no tempo ou leituras

Num software de gestão da manutenção consegue estabelecer tarefas de manutenção periódicas com base nos quilómetros percorridos por um camião ou no número de horas de utilização de uma máquina, por exemplo. Qualquer plano pode conter uma ou mais tarefas, desde que tenham a mesma frequência ou periodicidade (manutenções diárias, semanais ou semestrais).

Programação da manutenção mais organizada

A organização dos horários de manutenção é fundamental, principalmente quando se utilizam várias estratégias de manutenção dentro da mesma empresa. O software CMMS permite aos gestores obter uma visão global de todas as atividades de manutenção – quer corretivas, como preventivas –, para comprovarem se as tarefas estão a ser realizadas da forma pretendida.

Descubra como o software de Manutenção Cegid Valuekeep pode ser um activo para a gestão de manutenção da sua empresa! Comece hoje mesmo a obter melhores resultados.

Interessado numa demonstração do produto, em mais informações ou em tornar-se um revendedor?

Contacte os nossos especialistas hoje mesmo

Contacte-nos