Sistema de gestão da manutenção

31 Janeiro 2023

O objetivo de qualquer organização deve, naturalmente, passar pelo incremento dos níveis de produtividade e segurança dos equipamentos e das instalações. Para que isso aconteça, a manutenção de equipamentos é imprescindível para otimizar e agilizar todos os processos.

2 min

O que é a Manutenção Preventiva?

Esta manutenção envolve vários tipos de manutenção, entre elas a manutenção preventiva e corretiva. Mas vamos por partes…

Manutenção de equipamentos: o que é a Manutenção Preventiva

A manutenção preventiva, tal como o nome indica, previne a ocorrência de falhas e avarias nos equipamentos. Este tipo de manutenção é feito de forma sistemática, isto é, os equipamentos são inspecionados mesmo que não tenham apresentado nenhum sinal de avaria. Desta forma, evita-se ao máximo qualquer falha dos equipamentos para assegurar o bom funcionamento e a segurança dos ativos.

A maioria das empresas já adotou e compreende os benefícios das práticas de manutenção preventiva, uma vez que a indisponibilidade dos equipamentos gera uma redução na produtividade das organizações, além de aumentar os custos operacionais. Ainda que não seja possível eliminar por completo a existência de falhas inesperadas e avarias nos equipamentos, devemos ter em conta que, seja qual for a dimensão do negócio, criar planos de manutenção de equipamentos preventiva é uma forma de evitar ao máximo a indisponibilidade dos equipamentos.

Cegid Valuekeep

Simplifique a manutenção dos equipamentos e ativos da sua empresa.
Agende uma demo e saiba tudo sobre a nossa solução.

Saber mais

 

Vantagens da manutenção preventiva

Minimizar risco de falhas

Elaborar e seguir estes planos de tarefas preventivas significa reduzir a probabilidade de falhas nos equipamentos cruciais à produtividade das empresas.

Aumentar a produtividade

As ordens de trabalho são programadas nos respetivos planos de manutenção, o que permite aos gestores controlar as operações e aos técnicos saber, à priori, quais são as peças e ferramentas necessárias para garantir determinada operação.

Diminuição de despesas

Este tipo de manutenção ajuda a prolongar a vida útil dos ativos, aumenta a produtividade e, em última análise, diminui as despesas associadas à manutenção.

Tipos de manutenção preventiva

A manutenção preventiva pode ser dividida em dois tipos principais:

  • Time-based: tal como o nome indica, baseia-se em revisões periódicas executadas em intervalos de tempo previamente definidos, independentemente da utilização dos ativos.
  • Usage-based: neste caso, a manutenção de equipamentos pode ser feita com base na utilização real dos ativos.

Aplicações da manutenção preventiva

Em que situações é recomendável usar uma estratégia de manutenção preventiva? E quando não é recomendável usar este tipo de manutenção de equipamentos?

Quando utilizar a manutenção preventiva

A probabilidade de falhas nos ativos aumenta com o tempo e com a utilização. Nestes casos, é possível calendarizar a manutenção. Este planeamento permite-nos aumentar a vida útil do ativo e manter a produtividade ao longo do tempo.

Quando NÃO utilizar a manutenção preventiva

Se manutenção preventiva se baseia na calendarização, estão automaticamente excluídos os equipamentos que falham de forma aleatória, porque deixamos de ter controlo sobre estas falhas.

Manutenção de equipamentos: qual é a diferença entre a manutenção preventiva e corretiva?

Se por um lado a manutenção preventiva tem como objetivo prevenir a ocorrência de falhas e avarias nos equipamentos antes que elas aconteçam, por outro, a manutenção corretiva engloba um conjunto de tarefas técnicas destinadas a corrigir falhas nos equipamentos que necessitam de uma reparação ou substituição. Este tipo de manutenção corrige os erros existentes nos equipamentos que necessitam de uma intervenção para voltar a cumprir a sua função.

Estas práticas de manutenção não preveem planos de manutenção e, como consequência disso, a possibilidade de não existirem peças de substituição disponíveis é elevada. Além disso, também pode acontecer que não exista nenhum técnico de manutenção disponível para resolver o problema no imediato, uma vez que estas ocorrências são imprevistas.

Apesar de, em alguns casos, ser inevitável, a manutenção corretiva acaba por ter um maior impacto financeiro, já que implica, muitas vezes, a indisponibilidade prolongada dos equipamentos. A verdade é que uma percentagem significativa destas avarias pode ser evitada se os planos de manutenção preventiva forem cumpridos dentro dos prazos estabelecidos.

Como escolher o melhor tipo de manutenção para os seus equipamentos?

A principal diferença entre estes dois tipos de manutenção é o tempo de reparação do equipamento ou instalação. No modelo de manutenção corretiva, a operação é feita apenas quando existe uma falha ou avaria, por outro lado, na preventiva, tal como o nome indica os equipamentos possuem planos de manutenção para evitar/prevenir as falhas mais complexas.

Existem várias soluções de gestão de manutenção, tal como o Cegid Valuekeep, que ajudam as empresas a definir e a seguir uma estratégia de manutenção preventiva eficaz.

Descubra como o software de Manutenção Cegid Valuekeep pode ser um activo para a gestão de manutenção da sua empresa! Comece hoje mesmo a obter melhores resultados.

Interessado numa demonstração do produto, em mais informações ou em tornar-se um revendedor?

Contacte os nossos especialistas hoje mesmo

Contacte-nos