Sistema de gestão da manutenção

31 Janeiro 2023

Desengane-se quem ainda acredita que podemos eliminar por completo a manutenção corretiva da estratégia de manutenção das empresas. Apesar de o foco estar na prevenção, existem várias situações do dia a dia em que continuaremos a ter de recorrer à manutenção corretiva. Mas, afinal, do que se trata?

2 min

O que é a Manutenção Corretiva e qual a sua importância na gestão de ativos?

O que é a manutenção corretiva?

A manutenção corretiva refere-se ao conjunto de tarefas técnicas destinadas a corrigir falhas nos ativos e equipamentos, sempre que surge a necessidade de repará-los ou, até mesmo, de substituí-los. É um dos tipos de manutenção mais utilizados na gestão de ativos, que tem como objetivo corrigir os erros para que os ativos voltem a funcionar nas condições desejadas.

Os desafios da manutenção corretiva

As operações de manutenção corretiva são maioritariamente inesperadas e, por isso, é normal surgirem algumas dificuldades na sua execução, como por exemplo, a falta de stock de peças de substituição para a realização das mesmas.

Contudo, apesar de ser inevitável, a este tipo de manutenção tem um grande impacto financeiro para as empresas, uma vez que resulta numa indisponibilidade prolongada dos ativos que pode, por exemplo, parar uma linha inteira de produção. Além disso, uma percentagem significativa dessas falhas nos equipamentos pode ser facilmente evitada com estratégias de manutenção preventiva.

Cegid Valuekeep

Simplifique a manutenção dos equipamentos e ativos da sua empresa.
Agende uma demo e saiba tudo sobre a nossa solução.

Saber mais

Como identificar a necessidade de manutenção corretiva nos ativos?

Na maioria das vezes, as necessidades de manutenção corretiva manifestam-se durante a realização de um trabalho de rotina. Por exemplo, ao inspecionar uma máquina, o técnico identifica uma falha que poderá comprometer o seu funcionamento.

Esse problema dará origem a um pedido de manutenção, que, posteriormente, será uma tarefa de manutenção corretiva, onde o técnico irá proceder à reparação ou substituição do equipamento, conforme necessário.

Exemplos de manutenção corretiva

Pode ser aplicada a uma panóplia de equipamentos, sistemas e processos. A seguir, mostramos alguns exemplos:

Sistemas HVAC

Durante uma reparação de emergência de um HVAC, o técnico repara que os filtros estão parcialmente entupidos. Neste caso, gera-se um pedido de manutenção corretiva para limpar ou substituir filtros num futuro próximo, de forma a melhorar a eficiência do equipamento.

Linhas de produção

Ao realizar uma operação de manutenção preventiva numa máquina da linha de produção, o técnico depara-se com uma peça significativamente desgastada. Aqui, existe naturalmente uma necessidade de reagir e agendar uma ordem de trabalho de manutenção corretiva para breve, com o objetivo de reparar ou substituir a peça em questão.

Obras públicas

O técnico encontra-se a realizar uma reparação de rotina na estrada e repara em alguns danos na sinalização rodoviária, resultado das condições meteorológicas. Aqui, encontramo-nos novamente perante uma situação que pode gerar uma ordem de trabalho de manutenção corretiva, no sentido de substituir essa sinalização numa data posterior.

Como reduzir a manutenção corretiva na gestão de ativos

Embora em certas situações faça sentido simplesmente corrigir uma falha apenas quando esta ocorre, noutros casos, é melhor prevenir os problemas do que os corrigir. Mas como?

Invista na tecnologia

Ao implementar uma solução de gestão de manutenção (CMMS) na sua empresa, tem à disposição relatórios sobre as operações que o podem ajudar a tomar melhores decisões e a priorizar as ordens de trabalho mais críticas, para maximizar a produção.

Dê formação sobre as ferramentas aos seus colaboradores

Não vale a pena investir em tecnologia se os colaboradores da sua empresa não souberem utilizá-la e tirar partido da sua utilização. Além disso, deve garantir que a sua equipa está tecnicamente preparada para reconhecer potenciais sinais de falhas e compreender os relatórios enquanto realiza outras tarefas de manutenção.

Estabeleça prioridades e programe as tarefas de forma eficaz

Como apoio de um software CMMS, consegue priorizar as tarefas mais importantes, bem como programar intervenções técnicas de forma ágil e eficaz. Por exemplo, pode facilmente agrupar todas as tarefas de manutenção corretiva de uma instalação em particular e, assim, reduzir o tempo perdido em deslocações.

Crie um histórico para cada ativo

Através da aquisição de um software de manutenção, consegue que todos os trabalhos realizados, falhas e outras informações relevantes relacionadas com os equipamentos fiquem registadas no sistema e disponíveis para consulta. Desta forma, os técnicos são capazes de detetar padrões e registar problemas que se tenham repetido várias vezes, apesar do trabalho que foi realizado.

Importância da manutenção corretiva na gestão de ativos

Tanto a corretiva como a preventiva são tipos de manutenção importantes para a estratégia de manutenção de qualquer empresa. No entanto, é fundamental compreender quando é que a corretiva é benéfica e quando pode levar a paragens e outras perdas de produtividade. Se, por um lado, a manutenção preventiva ajuda a identificar potenciais falhas nos equipamentos antes que estas ocorram, por outro, a corretiva resolve tanto pequenas falhas como grandes avarias.

Concluímos, assim, que a manutenção corretiva vai estar sempre presente e que se deve aplicar principalmente a equipamentos com um baixo nível de criticidade, cujas falhas não interfiram com a produtividade da empresa.

Cegid Valuekeep, o software de gestão de manutenção (CMMS) ideal para a sua empresa

Obtenha uma gestão integrada da manutenção dos seus equipamentos e usufrua de uma app que lhe permite ser mais ágil e aceder em tempo real a todos os pedidos de manutenção e ao estado das operações de manutenção da sua empresa.

Dê uma nova dinâmica ao seu departamento de manutenção com um software CMMS inteligente. O Cegid Valuekeep foi desenhado para otimizar os processos de manutenção de empresas de qualquer dimensão e setor de atividade, que valorizam a eficiência, a rapidez e a flexibilidade.

Descubra como o software de Manutenção Cegid Valuekeep pode ser um activo para a gestão de manutenção da sua empresa! Comece hoje mesmo a obter melhores resultados.

Interessado numa demonstração do produto, em mais informações ou em tornar-se um revendedor?

Contacte os nossos especialistas hoje mesmo

Contacte-nos